Buscar

ADVOCACY E CLIMA: A IMPORTÂNCIA DO LOBBY VERDE

Por Clara de Queiroz, Manuela Borja, Rayana Burgos e Wilco Van Varik


Profissões e carreiras climáticas são multidisciplinares e, por isso, precisam de um engajamento de toda a sociedade, organizações, instituições e das pessoas que ocupam os espaços de poder. Em busca de formas mais inovadoras para conectar jovens profissionais com a experiência prática, o YCL desenvolveu os YCLabs. Estes laboratórios de prática são Co-criados pelo YCL, membros da Rede e organizações parceiras, e tem como objetivo aprofundar temas específicos relacionados a agenda climática, integrando conhecimento acadêmico com casos práticos, para serem discutidos e trabalhados em workshops com duração entre 04 a 08 horas.

Partindo deste contexto, no mês de fevereiro de 2021, o YCL e a BMJ Consultores Associados promoveram um workshop direcionado a estudantes e jovens profissionais para discutir o papel das Relações Governamentais aplicadas à sustentabilidade. As relações governamentais podem ser entendidas como um conjunto de estratégias de relacionamento estabelecidas por qualquer pessoa (seja ela física ou jurídica) e tem como objetivo oferecer elementos para que as Autoridades Públicas tomem decisões mais acertadas na política ou na esfera pública sobre diversos temas. Em se tratando do diálogo entre as Relações Governamentais com a sustentabilidade, o workshop buscou apresentar os principais desafios da agenda política nesta temática e compartilhou as ferramentas básicas para conseguir desenvolver as habilidades necessárias e atuar com os temas.


O YCLab teve a duração de oito horas, estruturado da seguinte forma:


Advocacy eficiente: o Deputado Federal Rodrigo Agostinho explicou como funciona o Legislativo Federal (Câmara dos deputados e Senado) e como os projetos tramitam de uma casa para a outra. Em seguida, o deputado apresentou as atuais prioridades na pauta ambiental/climática, tomando como exemplo alguns Projetos de Lei em tramitação. Ressaltou que para fazer advocacy é importante saber dialogar, estar informado (participar dos grupos de discussão) e avaliar estratégias.


Ciência Climática: Patrícia apresentou de forma abrangente o que são as mudanças climáticas e os desafios e oportunidades da governança para mitigação e adaptação à crise climática no Brasil.


Perspectivas do trabalho em advocacy: a equipe da BMJ iniciou apresentando didaticamente o que são as relações governamentais e institucionais seguidas das suas metodologias e ferramentas. Por fim, fez um panorama das oportunidades de carreira em relações governamentais e sustentabilidade.


Estudo de caso: Regularização Fundiária (Projeto de Lei No 2.633/2020 do Congresso Nacional). Finalmente, o momento mais esperado do workshop: a parte prática! Os participantes foram divididos em grupos de stakeholder para simular a prática do advocacy. Um material de apoio foi distribuído e cada grupo teve 10 minutos de leitura e 30 minutos para discutir internamente as suas estratégias de lobby (posicionando-se a favor ou contra o PL) seguido de 5 minutos de apresentação.


Os 5 grupos representavam diferentes stakeholders, que iam da esfera pública, passando por ONGs, grupos internacionais até o setor privado. Cada grupo elegeu um porta-voz para apresentar o seu respectivo posicionamento, usando argumentos, criando alianças e definindo ações. As apresentações foram muito bem conduzidas e, ao mesmo tempo, divertidas. A dinâmica foi uma grande oportunidade para fazer um exercício crítico e avaliar possibilidades de atuação que não tinham sido consideradas até então pelos participantes. Os apontamentos e sugestões dos profissionais da BMJ ajudaram a aprofundar o debate e prospectar diferentes cenários, oportunidades de diálogo e soluções.


O YCLab BMJ foi, para muitos participantes, o primeiro contato com lobby/advocacy. Contudo, a estrutura do workshop facilitou o aprendizado, abrangendo a participação do Deputado Federal Rodrigo Agostinho, aula sobre Ciência & Clima, palestra sobre as perspectivas do trabalho em advocacy e finalizando com uma dinâmica de estudo de caso. Portanto, em apenas um dia, nos aprofundamos no conteúdo teórico, aprendemos com quem já trabalha com advocacy tanto na esfera pública quanto na privada e tivemos a oportunidade de pôr em prática as ferramentas apresentadas, sempre com condução e orientação cuidadosa da BMJ.


Para jovens ativistas da causa climática, o advocacy se torna uma importante ferramenta para fortalecer a democratização da sociedade possibilitando uma maior participação cidadã nos processos de tomada de decisão. Agradecemos o YCL e a BJM pela oportunidade de ampliar os conhecimentos dentro desta temática, nos permitindo atuar de maneira estratégica para influenciar políticas públicas no combate às mudanças climáticas.



10 visualizações

nos ajude a formar a nova geração de líderes climáticos

Somos uma rede global que oferece uma solução abrangente para catalisar carreiras e ações climáticas. 

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn

VAMOS CONVERSAR?

para tirar uma dúvida, começar uma parceria, ou mudar o mundo, ou só para bater um papo :)